Itália segura Espanha e volta a decidir a Eurocopa

A Itália venceu a Espanha nesta terça-feira (6) em Wembley por 4 a 2 nos pênaltis e está na final da Eurocopa. Essa é a segunda eliminação dos espanhóis imposta pelos italianos, que chegam à sua primeira final de campeonato desde 2012, quando foram derrotados por 4 a 0 pela Espanha. O primeiro tempo da partida foi morno, com maior domínio da Espanha na posse de bola, enquanto a Itália tentava subir ao ataque pelo lado esquerdo, com boas arrancadas de Emerson Palmieri e Chiesa. O brasileiro naturalizado até acertou o travessão em um chute perigoso de canhota.

O panorama do jogo mudou na segunda etapa. Os italianos explodiram na construção de jogadas e o gol saiu em uma boa trama que começou com o goleiro Donnarumma. Num lance de instinto, feito em 16 segundos, a bola sobrou para Chiesa no ataque. O atacante olhou para a trave defendida por Unai Simón e bateu de direita, no ângulo, abrindo o placar. A Espanha conseguiu o empate aos 34 minutos do segundo tempo, numa triangulação entre Olmo e Morata. Os dois jogadores confundiram cinco italianos com a velocidade dos passes. Morata recebeu dentro da grande área, de frente para Donnarumma, e finalizou deslocando o goleiro.

Na prorrogação, os times sofreram com o cansaço. Enquanto os italianos se fecharam na maior parte, os espanhóis tocaram mais a bola e tentaram construir bons lances pelo meio de campo, como é a característica do time. Restou aos times, no entanto, passar pelas as penalidades. Locatelli (defesa de Unai Simón) perdeu para a Itália. Belotti, Bonucci, Bernardeschi e Jorginho converteram. Os espanhóis Olmo (para fora) e Morata (defesa de Donnarumma) desperdiçaram, enquanto Gerard Moreno e Thiago Alcântara balançaram a rede. 4 a 2 no placar e classificação italiana para a alegria da torcida em Wembley.

Fonte: https://oestadoce.com.br/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *