Bolsonaro diz que não aceitará convite para depor na CPI se for convidado

O presidente afirmou que a comissão estaria perdendo a oportunidade de, segundo ele, de discutir o “tratamento imediato” que consiste no uso de medicamentos com ineficácia cientificamente comprovada contra a Covid-19, como a cloroquina

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse que recusaria um convite para depor na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19, caso recebesse um. “Eu não aceitaria ser convidado para CPI para Renan Calheiros (MDB-AL). Quer convocar? É o poder da CPI convocar. Agora, aceitar convite para ser inquirido por uma figura desqualificada como Renan Calheiros ou Otto Alencar (PSD-BA)? Ou Omar Aziz (PSD-AM), não tem realmente cabimento isso ai. CPI é coisa séria, pessoal. No passado, CPIs eram levadas com muita mais seriedade. Pessoal acha que CPI vai derrubar um presidente, mas por quê? Estão apurando desvio de recurso? Não, né?”, afirmou Bolsonaro em sua live semanal com transmissão pela internet, nesta quinta-feira, 3.

Ele afirmou que a comissão estaria perdendo a oportunidade de, segundo ele, de discutir o “tratamento imediato” que consiste no uso de medicamentos com ineficácia cientificamente comprovada contra a Covid-19, como é o caso da hidroxocloroquina. Bolsonaro também fez ataque aos integrantes da CPI.

Fonte: O Povo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *